sexta-feira, 8 de abril de 2011

“Alguém, por um acaso, pode sonhar e realizar por você?” Essa foi a pergunta que mudou a minha vida. Naquele instante, eu havia entendido o sentido de tudo. Foi a pergunta mais magnífica que eu já havia me feito. E o “não”, da resposta, foi o tapa na cara que recebi de mim mesmo. — Diego Nunes.

Nenhum comentário: